Vendas de máquinas agrícolas terão forte queda em 2019 Destaque

Escrito por  Dez 09, 2019

Depois de uma nova queda em novembro, a estimativa da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) de que as vendas de máquinas agrícolas no País atingiriam 46.000 unidades, não deverá ser alcançada. É o que disse hoje o presidente da entidade, Luiz Carlos Moraes, que atribuiu o desempenho inferior ao previsto às dificuldades na oferta de crédito neste ano.

De janeiro a novembro, as vendas totalizaram 40.400 unidades, com queda de 6,80% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos 12 meses de 2018, as vendas alcançaram 47.800 unidades. Dessa forma, somente com uma disparada nunca antes vista até o Natal, as vendas de 46.000 máquinas estimadas pela Anfavea não serão de fato atingidas.

Com a demanda retraída, nos 11 primeiros meses deste ano a produção despencou. Chegou a 50.800 unidades, com queda de 15,40% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2018 foram produzidas 65.700 unidades e a projeção para o acumulado de 2019 é de 60.000.

Somente as estimativas de exportações de máquinas agrícolas devem ser alcançadas. Neste ano, a Anfavea previu vendas ao exterior de 13.000 unidades, contra 12.700 no ano passado. Até novembro foram exportadas 11.900 unidades, com aumento de 1,10%.

“O fato de não dependermos apenas da Argentina e termos outros mercados como destino permitiu esse crescimento”, afirmou Moraes.

 

Valor Econômico

  1. Mais vistas
  2. Destaques
  3. Comentários
Ad Right

Calendário

« Maio 2022 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31