Biotecnologia poderá curar a ressaca Destaque

Escrito por  Set 12, 2019

Um produto geneticamente modificado e fabricado pela empresa Zbiotics promete curar, ou amenizar, os efeitos da ressaca no organismo humano. A empresa, no entanto, frisa que este não é um medicamento, mas sim um alimento que pode ser ingerido por qualquer pessoa, inclusive por que não está ressacado.

A empresa começou a vender a bebida à base de bactérias geneticamente modificadas de forma online ainda no mês passado, sendo que a inauguração foi em uma festa, onde bebida alcoólica também foi distribuída. É provável que esse seja o primeiro probiótico geneticamente modificado do mundo, disse a empresa. Sendo assim, é possível que a empresa comece a vender o produto em lojas físicas rapidamente, já que não se trata de um medicamento.

Várias outras empresas do mundo todo especializadas em engenharia genética estão desenvolvendo produtos que buscam a cura de doenças, mas esbarram em suas agências controladoras, como é o caso da Food and Drou Asministration (FDA) dos Estados Unidos, que anualmente barra inúmeras tentativas. Para a Zbiotics, no entanto, a aposta é ir diretamente no consumidor, evitando toda essa burocracia de aprovações e desaprovações.

A pesquisa começou com uma cepa de bactérias comumente utilizada em alguns outros probióticos e também em uma comida japonesa que tem características anti-ressaca. No início apenas uma bactéria foi adicionada na composição original, no entanto, outros fatores tiveram que ter sido levados em consideração para a finalização do produto que já está a venda e pode se tornar o precursor de um mercado de organismos geneticamente modificados (OGMs).


Por: Agrolink -Leonardo Gottems

  1. Mais vistas
  2. Destaques
  3. Comentários

Calendário

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31