Café: produção é estimada em 59 milhões de sacas, queda de 8% Divulgação.

Café: produção é estimada em 59 milhões de sacas, queda de 8% Destaque

Escrito por  Mai 23, 2019

Apesar das boas condições climáticas, a maioria das lavouras de café arábica está em ano de bienalidade negativa, produzindo menos, informou o adido do USDA

O adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) no Brasil apontou que a safra brasileira de café 2019/2020 deverá ficar em 59,3 milhões de sacas de 60 quilos, com
queda de 8,5% contra o ciclo passado, indicado em 64,8 milhões de sacas.


A safra de café arábica está apontada em 41,0 milhões de sacas, com diminuição de 14,9% contra 2018/2019, colocada em 48,2 milhões de sacas. Já a produção de conilon está estimada em 18,3 milhões de sacas em 2019/20, com aumento de 10,2% contra 2018/19, colocada em 16,6 milhões de sacas.

“Apesar das boas condições climáticas, a maioria das lavouras de café arábica está em ano de bienalidade negativa, produzindo menos”, informa o USDA no relatório.

Produção
A produção do grão também foi revisada para cima pelo adido, já que antes o USDA trabalhava com uma safra total brasileira de 64,3 milhões de sacas, sendo 46,9 milhões de sacas de arábica e 16,5 milhões de robusta. O adido prevê exportações totais de 36,820 milhões de sacas, com declínio de 7,3% em relação a safra passada, quando os embarques foram indicados em 39,720 milhões de sacas.


O consumo interno brasileiro, segundo o adido do USDA, deverá ficar em 23,530 milhões de sacas, aumento de 1,4% contra 23,2 milhões de sacas de 2018/2019. Os estoques finais de café brasileiro deverão ficar em 2,879 milhões de sacas, com queda de 25,5%, contra 3864 milhões de sacas do último ciclo.

 

 

 

Fonte: Canal Rural.

    1. Mais vistas
    2. Destaques
    3. Comentários
    Ad Right

    Calendário

    « Abril 2020 »
    Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3 4 5
    6 7 8 9 10 11 12
    13 14 15 16 17 18 19
    20 21 22 23 24 25 26
    27 28 29 30