Programa do Senar estimula produção artesanal das agroindústrias Destaque

Escrito por  Set 03, 2019

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) iniciou o atendimento a Agroindústrias Artesanais com o modelo inovador de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) gratuita. O objetivo é agregar valor aos produtos de pequenos e médios estabelecimentos com foco na gestão e boas práticas de fabricação.

A Charcutaria da Serra, que processa alimentos embutidos e defumados em Jaboticatubas, em Minas Gerais, foi a primeira Agroindústria Artesanal a receber a visita do técnico especialista da ATeG do Senar. O município está localizado a aproximadamente 60 quilômetros de Belo Horizonte e compõe o circuito turístico da Serra do Cipó.

Semanalmente, são processados aproximadamente 100 quilos de produtos defumados e curados, como lombinho, panceta, bacon tradicional, copa, paio colonial e linguiça de torresmo com azeitona, linguiça com tempero caipira e linguiça curtida no vinho. Os produtos são distribuídos para pizzarias em Belo Horizonte e no Mercado da Associação de Produtores Rurais da Serra do Cipó.

O proprietário do estabelecimento rural, Gesner Belisário, decidiu atuar no ramo de processamento desses alimentos depois de participar do curso de “Trabalhador no Preparo Caseiro de Embutidos e Defumados” realizado pelo Senar Minas Gerais na Semana do Fazendeiro há 23 anos, no município de Florestal.

Gesner está entusiasmado com as perspectivas de melhorias nos processos de sua Agroindústria com a chegada da ATeG Agroindústria Artesanal.

“A assistência técnica continuada é uma luz no fim do túnel porque estou em um momento que preciso incorporar novas técnicas para adequação e conservação dos alimentos para melhorar a produtividade, aumentar da renda e gerar a abertura de novos mercados”, destacou Gesner.

Na primeira visita da equipe do Senar à Charcutaria da Serra, Gesner descobriu que o técnico especialista Newton Alencar, que acompanhará o seu estabelecimento rural durante os dois anos de Assistência Técnica e Gerencial foi o seu instrutor na capacitação que ele participou na Semana do Fazendeiro em 1996.

Gesner fez questão de mostrar que ainda guarda a apostila daquele curso do Senar.

Durante a visita, Alencar realizou o diagnóstico produtivo individualizado com o levantamento das informações produtivas, ambientais, sociais e econômicas necessárias para planejamento de ações.

Além disso, entregou o caderno do produtor para que Gesner faça todas as anotações de receitas e despesas e inicie o controle gerencial do estabelecimento rural.

“Os produtos da charcutaria são muito bons. Nesse primeiro contato, observamos que será necessário dar maior atenção para a parte de gestão da empresa. Certamente, a Assistência Técnica e Gerencial vai ajudar bastante a orientar em todas as questões para alavancar os negócios”, concluiu.

As ações de ATeG para a Agroindústria compõem um dos eixos temáticos do Programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais do Brasil do Sistema CNA/Senar. A iniciativa estimula a diversificação e a agregação de valor aos produtos elaborados pelos pequenos e médios produtores rurais. Outros eixos do programa são: Organização Coletiva, Regulamentação, Comercialização e Marketing e Tributação e Crédito.

Assessoria de Comunicação CNA

  1. Mais vistas
  2. Destaques
  3. Comentários
Ad Right

Calendário

« Junho 2022 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30