Meil constrói o maior projeto de irrigação por elevação do mundo Destaque

Escrito por  Ago 20, 2019

O sonho de longa data de Telangana, uma região árida no sul da Índia, agora está se tornando realidade. As dificuldades com a água da população desta região em breve chegarão ao fim, uma vez que o Projeto de Irrigação por Elevação Kaleshwaram (KLIP) está pronto para começar suas operações. A etapa crítica do prestigiado Projeto de Irrigação por Elevação Kaleshwaram (KLIP), na estação de bombeamento do pacote 8, em Ramadugu, na vila Laxmipur, do distrito de Karimnagar, permitirá o armazenamento de água nos reservatórios durante todo o ano no Cinturão do Rio Godavari. Esta colossal estação de bombeamento, considerada o coração do KLIP, é uma maravilha extraordinária da engenharia, pois é a maior estação subterrânea de bombeamento do mundo, construída a 330 m abaixo da superfície da Terra. Isso mudará todo o cenário de Telangana, com armazenamento reforçado de água disponível para irrigação, aumento dos níveis de água subterrânea e melhores oportunidades de subsistência para a população, por meio de atividades agrícolas associadas, pesca, turismo etc. Esta bomba exclusiva possibilitará o bombeamento reverso da água do rio Godavari para ele mesmo, rejuvenescendo as áreas secas até ali.

Descrevendo a estação subterrânea de bombeamento do pacote 8, B. Srinivas Reddy, diretor da MEIL, afirmou: “Trata-se de uma extraordinária estação subterrânea de bombeamento, a 330 m abaixo do solo, com túneis gêmeos e as maiores torres piezométricas do mundo. Este é um projeto ultramega mundial, com 7 motores, cada um com capacidade de 139 MW. Esses motores podem bombear 20.000.000 m³ de água por dia. Esse é o verdadeiro exemplo de “Feito na Índia”, uma vez que esses motores gigantescos são desenvolvidos no país com a tecnologia de dinâmica de fluidos computacional (CFD). A característica mais importante do KLIP é que concluiu a construção de uma infraestrutura elétrica com 3057 MW de capacidade, que inclui seis subestações de 400 KV e 220 KV, transformadores e 260 quilômetros de linhas de transmissão, sete quilômetros de polietileno reticulado (XLPE) de 400 KV com cabo e aterramento. Em todos os aspectos, este é o megaprojeto mais inovador do mundo. E o crédito vai para a MEIL por realizar essa tarefa gigantesca”.

A estrutura e o tamanho desse trabalho subterrâneo é simplesmente impensável. Andar ao redor da estação de bombeamento nos lembra da visita a um enorme shopping subterrâneo com vários andares. Em geral, as estações de bombeamento para projetos de irrigação por elevação são construídas no nível do solo, próximas das margens de rios, para bombear a água para um ponto mais alto. No entanto, esta superestrutura única, a primeira deste tipo no mundo, foi construída a um terço de um quilômetro abaixo do solo, com capacidade de bombeamento de 20.000.000 m³ de água por dia.
Cavernas subterrâneas

Cavernas subterrâneas imensas foram escavadas para construir as torres piezométricas e a estação de bombeamento, para levantar a entrada da água do subsolo. Bombas e motores estão sendo erguidos para isso. Para esta maravilha de engenharia feita pelo homem, com base em fundamentos científicos e tecnológicos, 21,6 lakh metros cúbicos de solo foram escavados, a partir de 330 m abaixo da superfície da terra, para construir uma central de energia, usando 4,75 lakh metros cúbicos de concreto.

Em nenhum outro lugar do mundo, existe uma caverna tão grande, com 140 m de profundidade, 25 m de largura e 65 m de altura. A área de manutenção da estação de bombeamento está localizada a 221 m abaixo do solo, enquanto o compartimento da bomba está a 190,5 m, o compartimento do transformador a 215 m, a sala de controle a 209 m abaixo da superfície da Terra, respectivamente. A estação tem túneis gêmeos únicos, construídos lado a lado, cada um com 4.133 m de comprimento e 10,5 m de diâmetro. Como cada motor requer 139 MW de potência para funcionar, um transformador de bomba de 160 KVA de capacidade, com as unidades de compressor foram configurados com sucesso.
Torres piezométricas

A parte mais surpreendente desta construção subterrânea são as torres piezométricas da estação. Para garantir o bombeamento ininterrupto, três torres piezométricas foram construídas para armazenar água suficiente. A construção das bombas da turbina, a 138 m de profundidade, no subsolo, é outra característica única do projeto. Cada bomba do motor pesa cerca de 2.376 toneladas métricas e pode-se imaginar o tamanho gigante de cada unidade. Por essa razão, esses motores são chamados de “motores Bahubali”.

A Megha Engineering Infrastructure Limited (MEIL), com 30 anos de rica experiência técnica em trabalhos eletromecânicos complexos e sofisticados, vem executando este projeto como uma missão, com o objetivo de fornecer água para as terras cultiváveis no devido tempo e saciar a sede da região de Telangana.

    “Sentimo-nos honrados por fazer parte do projeto dos sonhos de Telangana e do maior projeto de irrigação por elevação do mundo, o KLIP. Foi um privilégio e uma oportunidade única executar este projeto com tecnologia de alto nível, trabalhando com os melhores fornecedores de engenharia do mundo e realizando os sonhos hídricos de Telangana”, disse B. Srinivas Reddy, diretor da MEIL.

Fonte: Exame.

  1. Mais vistas
  2. Destaques
  3. Comentários

Calendário

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31