Lagarta “plastívora” metaboliza o polietileno Destaque

Escrito por  Mar 11, 2020

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Brandon descobriu que as larvas da lagarta da mariposa de cera são "plastívoros" capazes de consumir e metabolizar o polietileno. Os cientistas têm procurado uma maneira de forçar esses materiais a se degradarem mais rapidamente, sendo que a degradação natural leva aproximadamente 100 anos.

Pesquisadores com esse novo esforço descobriram evidências anedóticas de que as larvas, que existem como lagartas, comem polietileno de baixa densidade. Para descobrir se isso era verdade, eles obtiveram várias lagartas e deram-lhes uma dieta de sacos plásticos para mantimentos.

Eles descobriram que 60 das lagartas poderiam consumir aproximadamente 30 centímetros quadrados de plástico em uma semana. Eles também descobriram que as lagartas poderiam sobreviver por uma semana comendo nada além de plástico.

Os pesquisadores também estudaram os microbiomas intestinais, de várias das lagartas e bactérias identificadas que participaram da digestão do plástico. Além disso, foi possível observar que havia uma relação simbiótica entre lagartas e seus microbiomas intestinais: as lagartas e suas bactérias intestinais poderiam consumir mais plástico que as bactérias sozinhas.

No entanto, as notícias nem sempre foram positivas, já que os pesquisadores também descobriram que quando as lagartas se alimentam de plástico, elas excretam etileno glicol, que é tóxico. O polietileno (PE) é um dos termoplásticos, já que se deforma no calor, mais utilizados na atualidade para a fabricação de produtos dos mais diversos segmentos.  

AGROLINK

    1. Mais vistas
    2. Destaques
    3. Comentários
    Ad Right

    Calendário

    « Abril 2020 »
    Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3 4 5
    6 7 8 9 10 11 12
    13 14 15 16 17 18 19
    20 21 22 23 24 25 26
    27 28 29 30